12 março, 2009

Jecaradio#1

Jecaradio#1 = alguns beats, aleatórios ou não, achados por ai e reunidos em uma seqüência sonora ímpar.




Nesta edição:

Um pouco de afrobeat e outros perdidos por ai.Divirta-se!

Tony Allen

Baterista e diretor musical da Fela Kuti's band de 1968 a 1979, Tony Allen, foi um dos fundadores da Afrobeat music. Fela Kuti um dia disse "Sem Tony Allen, não existiria o Afrobeat".

Daktaris

The Daktaris é um grupo de Afrobeat formado no Brooklyn e lançou do CD Soul Explosion em 1998 com um som que lembrava o estilo nigeriano dos anos 70.

Cedric IM Brooks

Nascido em Kingston, Jamaica, é um saxisofonista e flautista que gravou algumas coisas solo e é membro de grupos como The Mystic Revelation of Rastafari, The Light of Saba e o Skatalites.

Spanky Wilson

Cantora de soul, jazz e funk,Spanky Wilson já dividiu palco com alguns caras como marvin Gaye, Sammy Davis Jr e Jimmy Smith. Seu último trabalho gravado foi I'm Thankful com Quantic Soul Orchestra.

Asian Dub Foundation

Um professor de tecnologia musical, Dr. Das, juntou-se a um de seus estudantes, o rapper Deeder Zaman e o ativista pelos direitos civis dos trabalhadores DJ Pandit G para criar um sistema de som destinado a tocar músicas anti-racistas. No ano seguinte, foi recrutado Chandrasonic e em 1995, completou-se a banda com a entrada de Sun-J.

Budos Band

A banda possui 11 membros, as vezes 13, que levam um som instrumental auto intitulado como Afro-Soul. As influências nos cds dos caras são Jazz, deep funk, Afro-beat, and soul.

Fela Kuti

O estilo musical de Fela Kuti é chamado Afrobeat, o que essencialmente é uma fusão de jazz, funk e cantos tradicionais africanos. Possui percussão de estilo africano, vocais e estrutura musical que passa por jazz e seções de metais funky. O "endless groove" também é usado, com um ritmo básico com baterias, muted guitar e baixo que são repetidos durante a música. Essa é uma técnica comum na África e em estilos musicais influenciados por ela, como o funk e o hip-hop. Alguns elementos presentes nas músicas de Fela são chamados de call-and-response (chamada e resposta) com o coro e alguns simples mas significativos rifes. A música de Fela quase sempre tem mais do que dez minutos, alguns atingindo a marca de vinte ou trinta minutos. Essa é uma das muitas razões que sua música nunca atingiu um grau de popularidade substancial fora da África. Sua música era mais tocada em línguas nigerianas, além de algumas músicas tocadas em ((Yoruba)). Os principais instrumentos de Fela, era o saxofone e o teclado, mas ele também tocava trompete, guitarra e ocasionalmente solos de bateria. Fela se recusava a tocar músicas novamente após já tê-la gravado, o que por sua vez retardos sua popularidade fora d África. Fela era conhecido por sua performance, e seus concertos eram tidos como bárbaros e selvagens. Ele referência sua atuação como um jogo espiritual underground.

Deixa o comentário ai, semana que vem tem outro.

5 comentários:

juninho disse...

ãnssa .... du caraiu ... nervoso mêmu

+ manoh + disse...

Parabéns!
Ficou muito bom!!!
demoro pro jeca ter uma rádio mesmo...

beijos jecaboys!

victor disse...

yeah, é só dar play.
set afrobeat duca.
animando as tardes de trabalho da galera.

neco tabosa disse...

[OFF TOPIC?]

http://filipetadamassa.blogspot.com/2009/03/movimento-pela-marcha-unzinhocom.html

Temos um encontro marcado com a democracia esse ano.

Em breve vamos marchar juntos com cidades do mundo inteiro em prol da legalização da maconha. É um movimento importantíssimo. Educar, esclarecer, protestar, dialogar e manifestar.
Precisamos de união para conquistar voz ativa.
Precisamos de grana para viabilizar isso tudo.
Precisamos de opiniões, idéias e participações.
VOCÊ PODE AJUDAR!

Neste final de semana (14 ou 15 março) escreva em seu Blog, Twitter, Messenger, Orkut, Facebook, myspace…sua opinião, idéia ou manifesto com o título “MOVIMENTO PELA MARCHA”
Não se esqueça de enviar o link do seu post para queima@unzinho.com

Iremos fazer um post especial com os links dos posts gerados pela galera.

ENVIE ESSE POST PARA AMIGOS, CONHECIDOS E TODOS MAIS QUE PUDER.
Valeu!

Del disse...

Animando tardes de trabalho II