04 julho, 2008

A impermanência

A impermanência mostra a sua face o tempo todo. Por que lutamos para escondê-la? Por que perpetuamos o mito da permanência se com isso alimentamos o círculo do sofrimento? Experiências, amigos, relacionamentos, bens, conhecimentos --- trabalhamos tão arduamente para nos convencer de que eles vão durar. Quando um copo quebra ou nos esquecemos de algo, ou quando alguém morre ou as estações mudam, nós nos surpreendemos. Não podemos acreditar completamente que acabou. Esse sabor agridoce marca nossa vida. O filme termina, nosso relacionamento chega ao fim, as crianças crescem. A impermanência sempre bate à nossa porta.

É claro que o reconhecimento da impermanência não traz a permanência. Significa que estamos mais sintonizados com a realidade; podemos relaxar. Quando abrimos mão do apego à permanência, nossa dor começa a diminuir, porque já não vivemos mais no engano. Ao aceitar a impermanência, gastamos menos energia resistindo à realidade.

O sofrimento adquire uma qualidade mais direta. Já não estamos tentando evitá-lo. Entendemos que a impermanência é um rio que corre ao longo da vida, não uma pedra no meio do caminho. Vemos que, por causa de nossa resistência à impermanência, a dor e o sofrimento são constantes. Compreendemos que a dor começa com o desejo de permanência.

A contemplação ajuda-nos a entender verdades profundas que raramente levamos em conta, apesar de estabelecermos nossa vida sobre elas. Contemplamos essas verdades a fim de produzir uma mudança em nossa compreensão da realidade, no modo como percebemos a vida. Quando, durante uma sessão de meditação, mantemos a mente nas palavras: "Tudo é impermanente", seu significado começa a ficar claro. Quando vislumbramos o que é a impermanência, conservamos a mente nessa compreensão. Assim nos familiarizamos com uma verdade simples em que geralmente nem mesmo reparamos. Começamos a viver a vida com uma compreensão mais profunda.

Sakyong Miphan (trad. provável Carolina Castilho)

Um comentário:

beleleu_leleu disse...

preciso urgentemente meditar...

fuck a permanencia
fuck a permanencia
fuck a permanencia

....